segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

E em nome dos "Direitos Desumanos"

Por João S. de Oliveira Junior

 

Correio Brasiliense Publicação: 21/12/2009 08:23

"Em um dos últimos atos oficiais de 2009, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançará, nesta segunda-feira (21/12), o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos que, em 121 páginas, traz temas consensuais na sociedade e alguns pontos controversos. Um deles, mencionado na edição anterior do programa de forma evasiva, é a interrupção da gravidez. Na versão atual do documento, está clara a recomendação para que o Legislativo modifique o Código Penal de forma a garantir a “descriminalização do aborto”" (Grifos nossos). Notícia na íntegra aqui.

Direitos Humanos?

abort01 abort02 abort06 abort08 abort09 abort11 abort12 abort13 abort16 abort30 weeks30 weeks78

Não é de nosso agrado colocar tais imagens, muito menos temos a intenção de fazer um sensacionalismo emocional, ainda mais que, torna-se evidente que a Razão perdeu a vez para muitos. Quero apenas manifestar o quanto é contraditório, mesquinho, esdrúxulo, inescrupuloso e cínico o argumento pró-aborto com tentativa de maquiagem. Colocar como Direitos Humanos?

Faltam-nos palavras para qualificar a tamanha abominação do PND"H" III. Se nós, católicos, consentirmos, estaríamos caindo na mediocridade, própria de muitos candidatos a rei Herodes da contemporaneidade. Não é Lulinha?

Neste Programa do Governo Federal há também o incentivo a Sodomia e indiretamente à pedofilia também, assuntos que debateremos em breve. Denunciemos e rezemos.

10 comentários:

Anônimo disse...

Texto esclarecedor. Parabéns. Eu concordo com o costume de colocar imagens tão fortes. quem sabe se assim as pessoas abrem os olhos.

Tiago

Pedro disse...

Neste Programa do Governo Federal há também o incentivo a Sodomia e indiretamente à pedofilia também, assuntos que debateremos em breve. Denunciemos e rezemos.



Oba oba!!! to esperando com enteresse!

Leandro disse...

Parabéns pelo tópico!!!!

Jadial azevedo - estudante disse...

Um dddia as pessoas ainda vão perceber a grande bobagem que é o aborto. É ua afronta contra Deus e uma fiorma de destruir o mundo pois já pensou se decidirmos abortar todos os seres vivos. Na medida que vamos tendo este liberalismo vamos nos tornando mais proepensos à matança e vai chegar um duia que vãoi querer nos matar por qualquer motivo também. o abortp é um grande crime.

kiko disse...

Excelente!!!

Lucia Azevedo disse...

Como bons catolicos: sempre contra o aborto! Vamos continuar a lutar contra tudo que vai contra a biblia.

Lucia azevedo

henrique disse...

muito boa a luta contra o aborto.

Anônimo disse...

Parabéns senhor João S. Continue "anunciando (a verdade católica!!!) e denunciando" os grandes agravos à lei de Deus, que por muitissimas vezes recebem apoio tácito da ala aggiornati da Igreja (ou que teima em nela permanecer).

A propósito, seria possível considerar o aborto, ou a aderencia à permissão da prática por parte de alguém que se diz católico, uma consequencia danosa dos princípios da TL?

Pax Domini!!!

Cristiano Maria!!!

wandrey disse...

Parabéns, a verdade tem que ser dita e mostrada.

Pax et Bonum.!

João disse...

Prezado Cristiano,

Considerando o apoio indiscriminado de membros da TL a governos socialistas (e abortistas), espaço dado a ongs como as "Católicas pelo direito de Decidir" a dar palestras em arquedioceses, declarações heréticas dos seus gurus como "se homem abortasse, era sacramento"(frei Beto) e outros disparates mais, posso afirmar que os adeptos da TL tendem sim a apoiar o aborto. Porém, infelizmente, não é exclusividade deles. Lembremos que nem todo "católico" que apoia o aborto sequer conhece a TL, em paises onde esta não existe, também há "católicos" contaminados com tal cultura de morte.
Penso que, o modernismo, alinhado ao relativismo (que relativisa o valor da vida humana) junto com a cultura imediatista (de morte), denunciada pelos papas, e a "desobediência cega" a palavra da Igreja, é o principal motivo deste desatino. Um católico apoiar o aborto conscientemente é pecado gravíssimo.

Oportuna a sua pergunta, seu nome me é familiar. Um abraço a todos e denunciemos. Pax Domini!